Curso Tricopatologista Capilar

 

 

 

PROGRAMAÇÃO DO PRIMEIRO PERÍODO

 

HISTÓRIA DA TRICOLOGIA


1- HISTÓRIA DA TRICOLOGIA
A PRIMEIRA ANÁLISE DO CABELO
O PRIMEIRO ESTUDO DA ULTRA ESTRUTURA
DO CABELO
A FUNDAÇÃO DO INSTITUTOS DE TRICOLOGIA
A FUNDAÇÃO DO OXFORDHAIR FOUNDATION
2- O QUE É TRICOLOGIA ,TRICOLOGIA CLÍNICA E TRICOEXAMES

 

MORFOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBÁCEA


3- MORFOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBÁCEA
O cabelo
4- O FOLÍCULO PILOSO
BAINHAS DO FOLÍCULO PILOSO
O PÊLO
5- O BULBO, A MATRIZ E A PAPILA DÉRMICA
6- A GLÂNDULA SEBÁCEA
7- O MÚSCULO PILO ERETOR
8- A COR DO PÊLO
9- A FORMA DOS CABELOS
10- SISTEMA  CIRCULATÓRIO
O CORAÇÃO
OS  VASOS  SANGUÍNEOS
A CIRCULAÇÃO  LINFÁTICA
GÂNGLIOS  LINFÁTICOS
O  BAÇO
AS   FORMAÇÕES  LINFÓIDES

 

EMBRIOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBÁCEA

11- EMBRIOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBÁCEA
AS ZONAS DO FIO DE CABELO
O PROCESSO DE DIVISÃO CELULAR OU MITOSE
12- A MATRIZ DO PÊLO

 

SISTEMA NERVOSO CENTRAL E
 UNIDADE PILOSSEBACEA

13- ESTUDOS RECENTES SOBRE O SISTEMA NERVOSO CENTRAL E PELE

 

FISIOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBÁCEA

14- FISIOLOGIA  DO COURO CABELUDO
TIPOS DE COURO CABELUDO
ALTERAÇÕES DO COURO CABELUDO

15- FISIOLOGIA DOS CABELOS
O CABELO
CONSTITUINTES DA FIBRA CAPILAR
DISTRIBUIÇÃO ARQUITETÔNICA DOS CABELOS
ÓSTIO FOLICULAR
16- LESÕES DA PELE

 

A ULTRA ESTRUTURA DO CABELO HUMANO

17. A ULTRA-ESTRUTURA DO CABELO HUMANO
A CUTÍCULA
O CÓRTEX
A MEDULA
O CMC
18- COMO PODEMOS MUDAR A ESTRUTURA DO CABELO
19- CABELOS COM A ULTRA-ESTRUTURA DANIFICADA
20- O EFEITO DE CUIDADOS DIÁRIOS NA ESTRUTURA DO CABELO
21- O EFEITO DOS PROCESSOS TÉRMICOS SOBRE A ESTRUTURA DO CABELO
22- EFEITO DO PROCESSO QUÍMICO SOBRE A ESTRUTURA DO CABELO
23- AVALIANDO O BRILHO DOS CABELOS
O QUE FAZ O CABELO BRILHAR?
ESTRUTURA FÍSICA DO CABELO
O QUE FAZ O CABELO BRILHAR?
PROPRIEDADES ÓPTICAS DO CABELO
24- O CABELO E RETENÇÃO DE ÁGUA OU UMIDADE

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E COMPULSÃO ALIMENTAR

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A COMPULSÃO ALIMENTAR, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E REGIMES DE EMAGRECIMENTO

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A REGIMES DE EMAGRECIMENTO, TRATAMENTO, ETC

 

COMUNICAÇÃO

RESUMO
REDAÇÃO
DISSERTAÇÃO
TRABALHO CIENTÍFICO
ORATÓRIA

 

PROGRAMAÇÃO DO SEGUNDO PERÍODO

 

NUTRIÇÃO DA UNIDADE PILOSSEBACEA

25- A DIETOTERAPIA
26- VITAMINAS E CABELOS
Vitamina E - Tocoferol
Vitamina F – Ácidos Graxos Essenciais
AS VITAMINAS DO GRUPO: B6, B2, B5
Vitamina B6 - Piridoxina
Vitamina B2 - Riboflavina
Vitamina B5 – Ácido Pantotênico
Vitamina C – Ácido Ascórbico
Vitamina H – Biotina
Vitamina PP – Ácido Nicotínico
Vitamina A - Retinol
27- ELEMENTOS MINERAIS DO SANGUE E CABELOS
Ferro
Zinco
Cobre
Magnésio
Selênio
28-  AMINOÁCIDOS, PROTEÍNAS E CABELOS
Aminoácidos e Proteínas
Cistina e Metionina
Cistina
Metionina
L-Lisina
29- DIETA E CABELOS: HISTIDINA, GLICINA, FENILALANINA, TIROSINA
A Histidina
A Glicina
A Fenilalanina e a Tirosina

 

BIOLOGIA DA UNIDADE PILOSSEBACEA

30- ETAPAS DE CRESCIMENTO DO PÊLO
31- QUE FATORES REGULAM O CRESCIMENTO CAPILAR?
32- QUE FATORES REGULAM O CICLO DE CRESCIMENTO DOS CABELOS?      
33- TRANSPLANTE CAPILAR
34-  SUBSTÂNCIAS ENVOLVIDAS NO CRESCIMENTO DO PÊLO HUMANO
VIA METABÓLICA DO ANDROGÊNIO NA PELE
ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA                                                                                                                                                  
HIRSUTISMO E HIPERTRICOSE
A ENZIMA 5a- REDUTASE
GLANDULAS E HORMONIOS- SISTEMA ENDÓCRINO
35 - CABELOS ANDROGÊNIOS-DEPENDENTES
FATORES QUE AFETAM O NÚMERO E ATIVIDADE DOS RECEPTROES ANDROGENICOS
PAPILA DÉRMICA E DHT
COMO DIMINUIR A PRODUÇÃO DE ANDROGENIO

 

TOXICOLOGIA E UNIDADE PILOSSEBÁCEA

36- EFEITOS DIVERSOS DAS DROGAS NO CABELO
DROGAS QUE LEVAM A PERDA DE CABELO
DROGAS PRODUZINDO AUMENTO NO CRESCIMENTO DE CABELO
37- COMO TRATAR O EFLÚVIO TELOGENO NA VISÃO MÉDICA E DERMATOLÓGICA
38- CALVÍCIE PODE DAR OS PRIMEIROS SINAIS NA JUVENTUDE
39- DROGAS QUE PODEM CAUSAR ALOPÉCIA

 

ANDROGENIOS E UNIDADE PILOSSEBACEA

40- ANDROGÊNIOS
41- HORMÔNIO MASCULINO
42- OS EFEITOS METABÓLICOS DOS ANDROGÊNIOS
43- SÍNTESE PROTEICA
DADOS PRÁTICOS

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E CIRURGIA BARIATRICA

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A CIRURGIA BARIATRICA, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E BULIMIA

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A BULIMIA, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ANEROXIA

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A ANEROXIA, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E VIGOREXIA

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A VIGOREXIA, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E COMPULSÃO ALIMENTAR

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A COMPULSÃO ALIMENTAR, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ANEMIA

O QUE É, TIPOS, SINTOMAS,COMPLICAÇÕES, CAUSAS E TRATAMENTO,
ALOPÉCIA FERROPÊNICA
ANEMIA PERNICIOSA- Deficiência de vitamina B12- CAUSAS SINTOMAS TRATAMENTO
ANEMIA FALCIFORME- O que é, causas, diagnóstico, tratamento e cura
ANEMIA FERROPRIVA - Causas- sinais- sintomas- tratamentos
FERRITINA ALTA E FERRITINA BAIXA
ANEMIA NA GRAVIDEZ- Riscos, o que fazer, sintomas, o que comer, tratamento

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E INTOXICAÇÃO POR VITAMINAS

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A INTOXICAÇÃO POR VITAMINAS, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E COMPULSÃO ALIMENTAR

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A COMPULSÃO ALIMENTAR, TRATAMENTO, ETC

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E SUPLEMENTOS ALIMENTARES

CAUSAS, SINTOMAS CLÍNICOS, DIAGNÓSTICO, QUEDA CAPILAR RELACIONADA A SUPLEMENTO ALIMENTAR, TRATAMENTO, ETC

A SIMBOLOGIA DO CABELO HISTÓRIA E REVELAÇÕES


O QUE É SIMBOLOGIA
O QUE É UM SIMBOLO?
OS CABELOS NA HISTÓRIA DO HOMEM
A SIMBOLOGIA DO CABELO
O CABELO SIMBOLIZANDO FORÇA
O CABELO SIMBOLIZANDO SABEDORIA
O CABELO SIMBOLIZANDO STATUS SOCIAL
O CABELO SIMBOLIZANDO SEDUÇÃO
O CABELO SIMBOLIZANDO PUNIÇÃO
O CABELO SIMBOLIZANDO CASTIDADE
O CABELO SIMBOLIZANDO CREDIBILIDADE
O CABELO SIMBOLIZANDO DISCIPLINA
O CABELO COMO SÍMBOLO DE EXPRESSÃO DE ATITUDE
O CABELO COMO SIMBOLO DE RENUNCIA
O CABELO SIMBOLIZANDO CRENÇAS MÍSTICAS
PORQUE O CABELO É UMA FORMA DE SIMBOLO?
A SIMBOLIZAÇÃO UNIVERSAL DO CABELO
DECIFRANDO O SIMBOLOGIA  REAL DO CABELO
O CABELO: UM PORTAL ENTRE O INTERNO E O EXTERNO
A SIMBOLOGIA REAL DO CABELO E DOENÇAS
CABELO E SOMATIZAÇÃO DE DOENÇAS
O TRICOPACIENTE E PATOLOGIAS CAPILARES: FÍSICO E EMOCIONAL
A FUNÇÃO DO TRICOTERAPEUTA

 

A REPRESENTAÇÃO DOS CABELOS E REVELAÇÕES

 

COMO SABER A REPRESENTAÇÃO DO CABELO DE UMA PESSOA
COMO TRABALHAR REPRESENTAÇÕES NAS TRICOTERAPIAS

 

COMUNICAÇÃO E PNL

ESTILOS SEGUNDO O PSICÓLOGO    CARL JUNG
ASSERTIVIDADE
O CORPO EMOCIONAL E PSICOLÓGICO
TÉCNICAS DE PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUISTICA PARA TRABALHO NAS TRICOTERAPIAS E CONSULTAS

 

 

PROGRAMAÇÃO DO TERCEIRO PERÍODO

 

TRICOTILOMANIA

EPIDEMOLOGIA,AVALIAÇÃO CLÍNICA, RELAÇÃO COM TOC, HISTOLOGIA, DIAGNÓSTICO DERMATOLÓGICO E PSIQUIÁTRICO, PROGNÓSTICO,TRATAMENTO, TERAPIA COMPORTAMENTAL, AUTO-MONITORAÇÃO, PSICOTERAPIA, FARMACOTERAPIA, ETC

ALOPÉCIA AREATA

FISIOPATOLOGIA, CLÍNICA, EXAME FÍSICO, CAUSAS, INVESTIGAÇÃO, TRATAMENTO, CUIDADOS CIRÚRGICOS, ETC.

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E FILOSOFIA

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ÉTICA PROFISSIONAL

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E FERRAMENTAS DE PROGRAMAÇÃO NEUROLIGUISTICA PARA CURA DE TRICOPATIAS

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E MÉTODO HOLOSSOMA

PSICOTRICOTERAPIA

 

 


 


PROGRAMAÇÃO DO QUARTO PERÍODO

 

.

HIPERTIROIDISMO

CAUSAS DE TIREOTOXICOSE, SINTOMAS CLÍNICOS DO HIPERTIROIDISMO, DIAGNÓSTICO LABORATORIAL, QUEDA CAPILAR RELACIONADA AO HIPERTIROIDISMO, TRATAMENTO, CIRURGIA, ETC

HIPOTIROIDISMO

MANIFESTAÇÕES CLÍNICAS, EXAME LABORATORIAL, HIPOTIROIDISMO E PERDA DE CABELO, TRATAMENTO, ETC.

QUIMIOTERAPIA

AÇÕES DA QUIMIOTERAPIA, OBJETIVOS DA QUIMIOTERAPIA, TRATAMENTO AMBULATORIAL, COMO É ADMINISTRADA A QUIMIOTERAPIA, AS ATIVIDADES DIÁRIAS, ALIMENTAÇÃO, EFEITOS COLATERAIS, QUIMIOTERAPIA E QUEDA CAPILAR, ETC.

EFLÚVIO TELÓGENO

FISIOPATOLOGIA, CLÍNICA, EXAME FÍSICO, CAUSAS, INVESTIGAÇÃO, TRATAMENTO, ETC.

ALOPÉCIA ANDROGENÉTICA

FISIOPATOLOGIA, CLÍNICA, EXAME FÍSICO, CAUSAS, INVESTIGAÇÃO, TRATAMENTO, CUIDADOS CIRÚRGICOS, ETC

 



 

 

PROGRAMAÇÃO DO QUINTO PERÍODO

 

CABELOS ÉTNICOS E DISTURBIOS DO COURO CABELUDO

CABELOS ÉTNICOS E DISTÚRBIOS DO COURO CABELUDO
VARIAÇÕES RACIAIS DOS CABELOS
Forma
Quebra
Densidade
Ressecamento
PENTEADOS ÉTNICOS E PRÁTICAS DE TRATAMENTO DE CABELOS
Alisamento químico
ALTERNATIVAS NATURAIS PARA ALISAMENTO DE CABELOS
DISTÚRBIOS COMUNS DE CABELOS E COUROS CABELUDOS ÉTNICOS
DISTÚRBIOS COMUNS DOS CABELOS E DO COURO CABELUDO
Dermatite seborréica
Alopecia de tração
Alopécia cicatricial centrífuga central (ACCC)

DERMATITE ESFOLIATIVA


HEMANGIOMA RUBI


ALONGAMENTO DE CABELOS E CALVÍCIE

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E SOMATIZAÇÃO

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E EMOÇÃO

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR: DA EMOÇÃO À LESÃO

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E GASTROENTROLOGIA

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E DERMATOLOGIA

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ALERGIA

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ESTRESSE SOCIAL

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ANSIEDADE

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E SÍNDROME DO PÂNICO

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E ESTRESSE

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E TIRÓIDE

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E DIABETES

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E CARDIOLOGIA

 

TRICOPATOLOGISTA E HIPERTENSÃO ARTERIAL

 

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR E CÂNCER

TRICOPATOLOGISTA CAPILAR DOENÇAS PSICOSSOMÁTICAS E CABELO

 

TRICOPATOLIGISTA CAPILAR E DEPRESSÃO

 

 

 

 

 



 
Para matricular-se no Curso Avançado de Tricologia é necessário frequentar o
Ensino Fundamental de Tricoterapia
 
   
 
Design by Jorge André